Guaira

GUAÍRA: Plantão PM ultimas 24 HS.

AMEAÇA – VIOLÊNCIA DOMESTICA
No inicio da manha deste ultimo domingo (18-08), por volta das 09h30, a equipe de serviço ao
chegar no referido local, observaram que o autor, estava defronte a janela da cozinha,
gritando pelo nome da solicitante, que foi observado que o autor, deixou cair ao chão, um
molho de chave. Que apresentava forte odor etílico, estando o mesmo com a voz
embaralhada. Que a vítima, nos relatou que tem 6 (seis) filhos, sendo 2 (duas) filhas com
o autor; Que nesta data o autor tentou adentrar a força a sua residência, sendo que
chegou a entortar as barras de ferro do portão metálico, e disse em tom ameaçador que
beberia o sangue da vítima. Que a vítima não abriu o portão, pois estava em casa com
mais 4 (quatro) crianças pequenas. Que ao chegar na janela da cozinha, foi localizado
sobre o piso 5 (cinco) munições, calibre 22, sendo que na base do estojo, tem a inscrição
(OA) e não possui marca de fabricação nas munições. Que o autor disse que “tinha
achado”, e depois disse “pensou que era baseado”, e posteriormente negou a posse da
munição. Que diante dos fatos foi dado voz de prisão ao autor, por posse de munição de
porte permitido. Que foi feito uso de algemas, a fim de manter a integridade física do autor
e da equipe de serviço. Que foi encaminhado a upa, para realizar o laudo de exame de
lesões corporal e na sequência encaminhado a delegacia de Polícia Civil para as
providências cabíveis
LESÃO CORPORAL – VIOLÊNCIA DOMESTICA E FAMILIAR
Neste domingo (18-08) por volta das 22h07min, uma vítima relatou que saiu de
sua casa com seu veículo em baixa velocidade, quando nas proximidades do campo de
futebol do seu bairro o seu ex amásio abriu a porta do veículo em movimento e adentrou.
Ela assustada conversou com ele e decidiu levar ele nas proximidades da sua residência,
mas ao chegar nas proximidades ela parou o veículo e ele puxou a cabeça dela para o
colo dele e começou a agredi lá fisicamente com socos e tapas, sendo que ela começou a
gritar pedindo socorro e o autor saiu correndo tomando rumo ignorado. E ela retornou
para sua residência e decidiu acionar a PM para registrar a ocorrência.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *