Mundo Novo MS

Governo de Mundo Novo investe muito mais em Saúde e Educação do que a média das cidades brasileiras.

Média na Saúde é 132,41% maior e na Educação índice chega a 59,05% a mais de recursos

alunos da Educação municipal

O Governo de Mundo Novo anunciou dados indicam um investimento bem superior em Saúde e Educação do município, comparado com a média dos demais municípios do país – da faixa 1,2, com população entre 16.981 até 23.772 habitantes. A aplicação de recursos nos dois setores também está bem acima do que obriga a lei.

Na Saúde, o investimento por habitante está 132,41% maior do que a média dos demais municípios brasileiros (R$ 47,78 por habitante). São R$ 111,05 por habitante mensalmente investido. Em comparação com a média dos demais municípios no estado, a porcentagem é de 35,32 a mais (R$ 82,06).
Por lei, a constituição federal obriga o mínimo de 15% do orçamento investido na Saúde. Mundo Novo tem 26,94% do orçamento aplicado na Saúde. Os dados são do Ministério da Saúde, através do SIOPS – Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde.
Educação tem aplicação de quase 60% a mais
Dados interessantes também foram apresentados na Educação. No Ensino Fundamental, a aplicação em Mundo Novo é 59,05 % maior que a média brasileira. Por aluno o montante é de R$ 1.266,92 em Mundo Novo e R$ 796,55 na média dos demais municípios brasileiros. Na Educação Infantil o investimento municipal é 29,70% maior (R$ 450,98 por aluno) que a média nacional e 8,84 % maior que a média dos municípios no estado.
Outros dados do SIOPE (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação) que chamam atenção é o investimento dos recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). A Constituição exige aplicação de 60% dos recursos no pagamento dos professores. Mundo Novo aplica 86,26%. O valor do orçamento municipal para a Educação está em 31,73 %. A lei exige 25%.
FONTE: SEMCOS Texto: Jandaia Caetano//Fotos: Arquivo Semcos

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *