Guaira

GUAÍRA: Igrejinha de Pedra completará 85 anos.

No mês de aniversário de 68 anos da cidade de Guaíra, a famosa Igreja Nuestro Senhor del Perdón, popularmente conhecida como Igrejinha de Pedra, completará 85 anos de história no dia 11 de novembro.
Para comemorar os 85 anos de existência, será realizada uma celebração pelo Padre Claudemir Ricardo Pioner e concelebradas pelos Padres Milton Wermann e Adair Bennemann, no dia 10 iniciando às 19h. Após a celebração será servido bolo e refrigerante a quem comparecer.
Um pouco da história
A igreja foi construída com pedras brutas encaixadas em estilo espanhol e seus vitrais são argentinos e retratam a catequese praticada aos índios pelos padres jesuítas. Algumas das telhas foram retiradas da Ciudad Real Del Guahyrá, antiga redução jesuíta que existia nas proximidades de Guaíra, datada de 1556, destacando-se ainda seus vitrais de origem hispano-argentino, que evocam a catequese realizada pelos jesuítas e cujos santos têm feições indígenas.
A primeira missa foi realizada pelo reverendíssimo monsenhor Guilherme Maria Ehiletzeck, no dia 11 de novembro de 1934, dia de San Martin de Tours, um santo francês padroeiro dos turistas de todo o mundo, pela Companhia Matte Larangeira.
Ainda tem a segunda história que a Igreja foi construída como promessa da esposa do Senhor Otto Roder, onde o Senhor Otto estava indo para a Argentina visitar sua família e seu avião caiu tendo seu corpo ficado perdido no rio, então sua esposa fez uma promessa que se o corpo de seu marido fosse encontrado ela construiria uma Igreja em Guaíra. O corpo foi encontrado e todos da cidade realizaram uma procissão na cidade.
Trazendo pedras das alagadas sete quedas e trazendo até onde a igreja hoje está construída.
As missas na Igrejinha de Pedra são realizadas todas as quartas-feiras, devido ao fato de que segundo a lenda se você vier a Igreja em uma Quarta feira de céu limpo e fizer um pedido puro e de todo seu coração, este pedido será atendido.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *