MS: FRONTEIRA. POLÍCIA MATA 4 ASSALTANTES DO CARRO FORTE NA MANHÃ DE HOJE.

FONTE:CGNEWS

DENTRE OS MORTOS ESTÁ JOSÉ FRANCISCO LUMES, O ZÉ DE LESSA, UM DOS ASSALTANTES DE BANCOS MAIS PROCURADOS DO NORDESTE

Dentre os mortos, está José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, procurado na Bahia (Foto: Reprodução)

Quatro morreram e um foi preso durante troca de tiros com a polícia na manhã desta quarta-feira (4) em chácara localizada entre as cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia. Todos eles são suspeitos de integrar a quadrilha que atacou um carro-forte da empresa Brink’s na fronteira com o Paraguai na segunda-feira (2).
De acordo com o secretário de Estado de Segurança, Carlos Videira, policiais que estavam à caça dos bandidos desde segunda localizaram o esconderijo na noite de ontem. Equipes estavam de tocaia e nesta manhã, com mandados emitidos pelo juízo de Amambai em mãos, entraram na propriedade.
“Fomos recebidos a bala”, disse um dos envolvidos na operação. Segundo o secretário, alguns bandidos fugiram para uma área de mata e com apoio do helicóptero do GTA (Grupamento Tático Aéreo), policiais fazem buscas pelo local.
Segundo o delegado Fabio Peró, da Garras (Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), dentre os mortos, está José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, um dos assaltantes de bancos mais procurados do Nordeste. Ele era líder Bonde do Maluco, conhecido como BDM, considerada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia, a facção mais truculenta do estado.
A operação envolve além da equipe da Garras, o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e uma equipe da PM (Polícia Militar) de Amambai.
Marcas provocadas por explosivos na porta do carro-forte; blindado resistiu e frustrou assalto (Foto: Direto das Ruas)
Marcas provocadas por explosivos na porta do carro-forte; blindado resistiu e frustrou assalto (Foto: Direto das Ruas)
O ataque – Na segunda, a quadrilha atacou o carro-forte na MS-156, entre Caarapó e Amambai, mas fugiu para o Paraguai sem levar um único centavo do assalto.
Os bandidos tentaram abrir o blindado com explosivos, mas a porta não abriu e eles fugiram. Só a perícia vai revelar se o carro-forte resistiu por causa da quantidade de explosivo ou se os artefatos falharam.
Segundo o secretário, ao que tudo indica, a quadrilha é a mesma que em meados de 2017 atacou carro-forte da mesma empresa, na mesma rodovia, na fronteira. A região fica a poucos quilômetros de Capitán Bado, base de quadrilhas brasileiras que controlam o tráfico de drogas e de armas na fronteira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

xxxvom redwap.website fb hot
bf bengali sex porneff.comonly indian porn
sex dehli joxnxx.com fresh hd porn
semaraja hdporn.tech bf dekha
indian girl shitting gofuckgirls.com pak nude
x videos ind justindianporn.pro indian xv videos
mallu kumtaz hot kompoz.eu sonakshi sinha bikni
asham sex letmejerk.fun sri lanka xxx
free indian teen porn videos tubeskanks.com meenakshi sheshadri sex
big booms aunties sex porntsunami.com xvideo reshma
ups battery tubesafari.pro ray ban sunglasses
sleeping girl xnxx sexmixxx.com mimi chatterjee
sexi phot retrofucker.com sax xxxc
hijam freexpussy.com tamil bdsm
drashti dhami hot turkishporn.mobi tamil mature nude