GUAÍRA: Barreira Sanitária inicia atividades no Terminal Rodoviário de Guaíra.

Barreira Sanitária foi implantada nesta semana no Terminal Rodoviário de Guaíra. A medida tem como objetivo evitar a disseminação da doença Covid-19. O retorno das atividades do terminal foi permitido pelo decreto 143/2020, dispondo normas sanitárias.


O Município de Guaíra continua tomando medidas de enfrentamento ao Coronavírus. Após permitida a reabertura do Terminal Rodoviário pelo decreto 143/2020, dispondo normas sanitárias, a Vigilância Sanitária realizou uma capacitação com os agentes e fiscais no dia 18 (segunda-feira), a fim de apresentar as novas condições e normas sanitárias a serem adotadas pela administração e empresas de transporte.
A barreira, assim como o Terminal Rodoviário, já estão em funcionamento, encontra-se em novo horário de funcionamento, sendo das 8h30 às 12h30 e das 14h30 às 18h30, todos os dias da semana, com acesso restrito apenas para funcionários e usuários dos serviços (passageiros) oferecidos no local ou que precisarem tirar dúvidas quanto a compra, horários ou remarcações de viagens. Os fiscais da barreira estão realizando aferição de temperatura corporal e a verificação se há sintomas gripais de passageiros. Também foi realizado o fechamento das entradas secundárias, a pessoa que precisar acessar o local, deverá passar obrigatoriamente pelo acesso principal, na Avenida Cel. Otavio Tosta, a fim de garantir maior controle no fluxo de pessoas.
Uma das medidas tomadas foi a proibição da permanência e circulação de pessoas que não estejam utilizando os serviços prestados, a fim de evitar aglomerações.
Os passageiros deverão permanecer de máscara também durante todo o percurso da viagem, devendo ser disponibilizado álcool gel 70% na entrada dos veículos.
A Secretária de Administração, Mariana Cândido, ressaltou a importância do retorno das atividades do Terminal Rodoviário, “A exemplo do comércio local, o terminal rodoviário possui também empresas que dependem da venda de passagens para garantir o sustento da sua família, logo, a abertura com restrições, garante a subsistência dessas pessoas e funcionários”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *