Marcos Binder

BPFRON apreende cigarros contrabandeados após abordagens a ônibus.

Na madrugada de hoje, (20/01) Policiais Militares do BPFRON – Batalhão de Polícia de Fronteira realizavam patrulhamento e abordagens na cidade de Lindoeste-PR quando abordaram um ônibus com destino à Santa Maria/RS. Na ação foi empregado um cão farejador pertencente ao canil do BPFRON que indicou duas bolsas que esse encontravam no bagageiro do ônibus. Elas estavam carregadas com cigarros contrabandeados do Paraguai. Os cigarros foram apreendidos e encaminhados à Receita Federal em Cascavel-PR para os procedimentos legais de praxe. A proprietária das bagagens foi identificada e orientada quantos aos procedimentos.
Já em outra abordagem a ônibus também na cidade de Lindoeste-PR, com o apoio do cão farejador do BPFRON, outras duas bolsas com cigarros contrabandeados do Paraguai foram encontradas no bagageiro de um ônibus com destino à Porto Alegre-RS. O passageiro foi identificado e orientado quanto aos procedimentos e o cigarro foi apreendido e encaminhado à Receita Federal em Cascavel-PR.

GUAÍRA: Cerimônia transmissão de cargo Marinha Guaíra – pr (ver fotos)

Nesta última sexta feira (17-01) aconteceu na vila naval de Guaíra-PR a transmissão de cargo do delegado da delegacia fluvial, Na ocasião o CC Jeronimo Moreira Gomes passou o cargo de delegado Fluvial de Guaíra ao CC Adriano Alves da Costa.
na oportunidade esteve presente ao evento várias autoridades civis e militares da região (ver Fotos)

 

 

GUAÍRA: Aulas de hidroginástica são oferecidas a pacientes do CAPS.

Quem não gostar de aulas de hidroginástica, ainda mais no calor de Guaíra?
Quem não gostar de aulas de hidroginástica, ainda mais no calor de Guaíra?
No dia 08 de janeiro iniciaram as atividades de hidroginástica no Centro de Atenção Psicossocial. Pacientes encaminhados pelos médicos agora podem desfrutar dessa ação que visa somar métodos terapêuticos para a inserção do portador de distúrbio mental na sociedade e cuidado com a saúde física. As aulas são oferecidas por intermédio da Secretaria de Saúde.
A atividade visa aliar a diversão da piscina com exercício físico, uma atividade física que proporciona grandes melhoras à saúde e ao corpo. A hidroginástica é formada por exercícios dentro da água que contam com a possibilidade de realizar exercícios aeróbios ou de força com impacto reduzido sobre as articulações de membro inferiores e coluna.
De acordo com a responsável pelas atividades, a Educadora Física do município, Danieli de Oliveira Barbiero. As articulações para tornar esse projeto real começaram em julho de 2019, para que neste ano fosse possível proporcionar essa atividade aos pacientes. Após a regulamentação de todos os detalhes, hoje, os pacientes podem usufruir desse benefício.
Além da hidroginástica, os pacientes do CAPS também possuem caminhadas, ginástica localizada, jogos de tabuleiro e dentre tantas outras atividades que buscam o melhor bem-estar de cada um. As atividades só são realizadas quando permitidas pelo médico.

PRF 400 mil carteiras de cigarros encontra em caminhão abandonado

Cerca de 400 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-277, em Guarapuava, no Paraná. Por volta das 12h30, desta sexta-feira (17), os agentes da PRF encontraram um caminhão abandonado e durante a vistoria descobriram que ele estava carregando os produtos, avaliados em cerca de R$ 2 milhões.
O caminhão possuía placas clonadas, e, dentro da cabine, possuía outras placas, tudo para despistar a fiscalização.
Diante dos fatos, o caminhão e os cigarros foram encaminhados para a Receita Federal em Guarapuava. O motorista não foi encontrado.
FONTE: BANDA B

Batida frontal mata motociclista de 34 anos na BR 369.

Renan Cunha era condutor de uma Honda CG, que colidiu contra um Nissan.
Um motociclista morreu ao bater de frente contra um carro na madrugada de sábado (18), na altura do quilômetro 522 da BR 369, região do Bairro Morumbi, em Cascavel. O homem, identificado extraoficialmente como Renan Cunha, de 34 anos, era condutor de uma Honda CG, que colidiu contra um Nissan Kicks.
O acidente aconteceu por volta de 4h10. Segundo o que foi apurado pela equipe de reportagem, a motocicleta trafegava no sentido Cascavel/Corbélia, quando invadiu a pista contrária e atingiu o automóvel. O motorista relatou que não teve tempo de evitar o acidente, já que a moto estava com o farol apagado.
Com o impacto, o motociclista foi lançado a quase 30 metros de distância e caiu em meio ao asfalto. Socorristas do Samu que passavam pelo local pararam para prestar atendimento, mas apenas puderam constatar a morte do homem. O IML (Insituto Médico-Legal) foi acionado para recolher o corpo da vítima.
A batida deixou o automóvel com a frente completamente destruída. A motocicleta também ficou bastante danificada e foi parar a alguns metros do local da colisão.
No carro estavam cinco pessoas, uma família de Ribeirão Preto (SP) viajava a passeio com destino a Foz do Iguaçu. Duas jovens, de 19 e 20 anos, foram atendidas por equipes do Samu e do Siate, sendo encaminhadas a um hospital particular de Cascavel, ambas com ferimentos leves. Os outros três ocupantes, o casal e o filho mais novo, não ficaram feridos.
Por conta do acidente, a rodovia ficou parcialmente interditada.
FONTE:Catve.com

GUAÍRA: PRF apreende cerca de R$ 3 milhões em cigarros contrabandeados. (ver vídeo)

600 mil carteiras eram transportadas em um bitrem abordado na BR-163, em Guaíra (PR); motorista foi preso após tentativa de fuga
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai em Guaíra, na manhã desta quinta (16). Após perseguição, motorista foi preso em flagrante por contrabando. Caminhão utilizado era “clonado”.
Por volta das 9 horas, agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista de um bitrem na BR-163, em Guaíra. O motorista desobedeceu a ordem e fugiu, sendo que durante todo o trajeto da fuga em horário de alto fluxo de veículos, o condutor manobrou perigosamente, jogando o caminhão sobre a viatura da PRF, tentando fechá-la ou jogá-la contra outros veículos. E ainda, transitou pela contramão de direção, obrigando os outros veículos que vinham em sentido contrário a manobrar para o acostamento.
Próximo à UPA de Guaíra, dentro do município, o motorista abandonou o caminhão e fugiu à pé, sendo detido no interior de um comércio, resistindo violentamente à detenção.
No bitrem, os policiais encontraram cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai, avaliados em cerca de R$ 3 milhões. O motorista, de 47 anos, morador de Tatuí (SP), disse aos agentes que retirou o caminhão em Mundo Novo (MS) e entregaria em Santos (SP). O caminhão, bem como os dois semirreboques, transitava com as placas “clonadas”.
Diante dos fatos, o motorista, o caminhão e os cigarros foram encaminhados para a Polícia Federal em Guaíra, para o registro dos crimes de desobediência, resistência à prisão, adulteração de identificação de veículo.
FONTE: PRF/ PR

Obras no Hospital Regional de Toledo que resultariam em gasto de R$ 9,3 milhões estão suspensas por conta de liminar obtida pelo MPPR.

Está suspensa liminarmente a retomada de obras para readequação do Hospital Regional de Toledo, no Oeste do estado. A ordem judicial atende pedido em ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca. O MPPR sustenta que, enquanto não for definido qual será o órgão gestor da unidade hospitalar, qualquer retomada na construção – iniciada em 2012 e até hoje não concluída – implicará novo desperdício de recursos públicos e prejuízo à população.
O hospital foi idealizado para atendimento especializado e serviços de média e alta complexidades para pacientes de 18 municípios da região, que somam perto de 400 mil habitantes. Esse tipo de serviço é gerido obrigatoriamente por órgãos vinculados ao Estado ou à União, mas até então isso não foi oficializado. Como sustenta a Promotoria na ação, “a falta de definição do órgão gestor da prestação do serviço de saúde notoriamente foi um dos principais fatores que determinaram o retumbante fracasso das administrações municipais anteriores em relação à abertura e funcionamento deste equipamento urbano essencial.”
Com a liminar, deferida nesta terça-feira, 14 de janeiro, pelo Juízo da 1ª Vara da Fazenda Pública de Toledo, foi imposta a suspensão do contrato firmado entre a Prefeitura e a construtora atualmente responsável pela obra. Estava previsto o gasto inicial de R$ 5,8 milhões do Fundo Municipal de Saúde. No total, o contrato suspende o gasto de R$ 9,3 milhões. No mérito do processo, a Promotoria requer a suspensão da obra de reforma. Foi determinada multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento da ordem judicial
Compromisso descumprido – Ainda segundo o Ministério Público, a ausência de definição do gestor pode prejudicar os projetos utilizados para o desencadeamento da licitação que levou à contratação da empresa responsável pela obra atual. Isso poderá exigir futuras reformulações e alterações, por ocasião da consolidação do órgão gestor, acarretando mais prejuízo ao erário.
A Promotoria de Justiça responsável pelo caso destaca também que, ao determinar o início das obras de readequação, o Município descumpriu compromisso expressamente assumido com o MPPR em termo de ajustamento de conduta firmado em junho de 2018. Com esse TAC, as obras estavam condicionadas à definição do órgão que seria responsável pela gestão e administração da unidade de saúde.
Desperdício – Como resume a Promotoria na ação, o “Município de Toledo está promovendo gasto público sem o mínimo indicativo a respeito de qual ente será responsável pela oferta de serviço de saúde no Hospital Regional de Toledo, prevalecendo absoluta incerteza em torno da possibilidade dessa definição e quando ela irá ocorrer, ocasionando mais uma vez o risco de ocorrência de abandono do equipamento público e subsequente desperdício de valores constantes do erário.”
MPPR
FONTE: Radio Vale Verde

Reabertura da Estrada do Colono une regiões.

Luta que já dura 35 anos, a reabertura da Estrada do Colono, povoada por conflitos e episódios turbulentos e com forte repressão por parte das forças de segurança, será o assunto principal da primeira reunião de 2020 da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná).
O encontro será nesta segunda-feira (20-01), a partir das 10h, na sede da entidade, em Cascavel.
Surgida há quase 100 anos, a Estrada do Colono permanece fechada há 18 e a possibilidade de reabertura avança no Congresso Nacional, com a discussão de uma proposta integradora, sustentável e de forte potencial turístico.
A intenção da parceria entre Oeste e Sudoeste, reforça Junior Weiller, é de ampliar esta força junto ao Senado da República, onde a proposta tramita atualmente. A estrada liga os municípios de Serranópolis do Iguaçu, no Oeste, a Capanema, no Sudoeste.
Diante disso e respaldada pelos 54 municípios associados, a atual diretoria da Amop, que tem à frente o prefeito de Jesuítas, Junior Weiller, pretende discutir o assunto com gestores públicos de outra região interessada no tema, o Sudoeste, e para isso será colocada em discussão parceria estratégica com a Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná).
Outros temas relevantes serão discutidos durante a reunião da Amop, como explanação do diretor da 10ª Regional de Saúde, João Gabriel Avanci, sobre a situação da dengue nos municípios da região Oeste. E também: discussão sobre o piso salarial do Magistério, participação da entidade no Show Rural Coopavel e assuntos gerais.
FONTE: valeverdefm.com.br

Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos.

O download anual de aplicativos cresceu 45% nos últimos três anos
As pessoas passaram 3 horas e 40 minutos, em média, utilizando aplicativos (também conhecidos como apps) em 2019. O índice é 35% maior do que em 2017. As informações são do principal relatório sobre o tema no mundo, da consultoria App Annie. A edição de 2020 foi divulgada ontem (15).
O Brasil ficou na terceira colocação no ranking dos países em termos de tempo gasto em apps, levemente acima da média, com 3 horas e 45 minutos.
O país foi superado pela China, onde as pessoas mexem com esses programas durante quase 4 horas, e a Indonésia, onde o tempo diário chegou a 4 horas e 40 minutos. Em seguida, vêm a Coreia do Sul (3h40) e Índia (3h30).
Na comparação entre 2019 e 2017, a China obteve a maior ampliação (60%), seguida pela Índia, o Canadá e a França (25%), a Indonésia (20%) e o Brasil, a Alemanha, Coreia do Sul, o Japão e Reino Unido (15%).
No recorte por idade, a chamada geração Z (nascida entre 1997 e 2012) passou 3 horas e 46 minutos por app por mês e teve 150 sessões por mês nos principais aplicativos.
O download anual de aplicativos cresceu 45% nos últimos três anos: saiu de 140 bilhões em 2016 para chegar a quase 204 bilhões em 2019.
No Brasil, esse aumento foi de 40%, atingindo cerca de 5 bi no ano passado. Entre as nações, o maior aumento no período foi da Índia: 190%.
Tipos
Os apps de finanças foram acessados 1 trilhão de vezes em 2019, um crescimento de 100% na comparação com 2017. O Brasil também ficou em terceiro no ranking desse tipo de programa, atrás apenas da Índia e da China.
Mas enquanto alguns países já têm a maioria de acessos em carteiras virtuais (China e Coreia do Sul), no Brasil e em outros (como Indonésia, França e Alemanha) as transações digitais são realizadas em sua maioria por apps de bancos. Os apps mais baixados nessa categoria foram Nubank, FGTS, Picpay, Caixa e Mercadopago.
O Brasil seguiu na terceira colocação também no ranking do crescimento em tempo gasto em apps de compras, atrás da Índia e Indonésia.
Entre 2018 e 2019, os brasileiros ampliaram em 32% a sua presença nesse tipo de ferramenta. Os apps mais baixados com essa finalidade foram Mercadolivre, Americanas, Magazine Luiza, AliExpress e Wish.
A colocação foi mantida também no caso dos apps de entrega de comida. O número de sessões nesse tipo de ferramenta entre os usuários daqui foi de 8 bilhões, ficando atrás dos Estados Unidos (10 bi) e da Indonésia (20 bi).
Nas aplicações voltadas ao entretenimento, o Brasil ficou em 7º lugar no ranking de crescimento entre 2018 e 2019, ainda assim com um índice de 32%.
Entre os locais onde o uso desse tipo de app foi maior estão Índia (78%), França (60%) e Japão (58%). Os mais baixados dessa modalidade foram Netflix, Youtube Go, Amazon PrimeVideo, Globoplay e Viki.
Entre as redes sociais, o estudo não divulgou ranking mundial, mas registrou a força do app chinês Tik Tok. A lista de mais baixados no Brasil é formada por Whatsapp, Status Saver, Snapchat, Telegram e Hago.
Investimentos
Já os gastos com aplicativos aumentaram 110%, passando de US$ 55 bilhões para US$ 120 bilhões no mesmo período. Os jogos são responsáveis por 72% do faturamento. A China aumentou 190% nos últimos três anos, chegando a acumular 40% do mercado mundial.
Em 2019, foram gastos US$ 190 bilhões em publicidade em dispositivos móveis. Neste ano, a projeção da consultoria é de que essa movimentação chegue a US$ 240 bilhões.
Internet das Coisas
O documento destaca o papel dos apps no ambiente interconectado que vem sendo chamado de Internet das Coisas. Nos Estados Unidos, os apps mais baixados para esse tipo ecossistema foram os assistentes Alexa e Google Home, o agregador de serviços audiovisuais Roku, o sistema de videogame Xbox, o sistema de segurança doméstica Ring e o aplicativo vinculado a um relógio conectado Fitbit.
FONTE:Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Primeiro dia de devolução do DPVAT tem instabilidade e 150 mil pedidos.

Para pedir a devolução, é necessário informar CPF, Renavam do veículo, email e telefone de contato
Programado para começar nesta quarta-feira (15-01), o site para o encaminhamento dos pedidos da devolução do DPVAT apresentou lentidão e instabilidade durante a manhã.
O site da Seguradora Líder chegou a ficar fora do ar. No decorrer do dia, no entanto, a página voltou a funcionar.
Até as 18h30 desta quarta, mais de 150 mil pedidos de restituições foram solicitadas no sistema.Ao todo, são 2 milhões de veículos que pagaram valores maiores de DPVAT. Em São Paulo, são 900 mil.
Para pedir a devolução, é necessário informar CPF, Renavam do veículo, email e telefone de contato, data em que foi pago o valor maior, quanto foi recolhido e também os dados bancários da conta-corrente ou poupança do dono do veículo.
Para carros, a devolução é de R$ 10,91. Os motoristas que fizeram o pagamento até a semana passada recolheram um seguro de R$ 16,21, mesmo valor da tabela de 2019.
No início da tarde, a Seguradora Líder informou que estava trabalhando para reduzir a lentidão e as instabilidades do site. Disse também que os pedidos de restituições poderão ser feitos durante todo o ano de 2020.
Desde 8 de janeiro voltaram a valer os preços aprovados pelo Conselho Nacional de Seguros Privados -para carros de passeio, caiu a R$ 5,23.
Os proprietários de motos receberão uma diferença de R$ 72,28. Dos R$ 84,58 em vigor até o dia 7, o seguro obrigatório para este ano ficou em R$ 12,30.
Segundo a Líder, a restituição do dinheiro será concluída em até dois dias a partir do pedido. Ao enviar a solicitação, o dono do veículo receberá um número de protocolo para acompanhar o procedimento.
Quem pagou o seguro com valor maior de mais de um veículo terá de fazer o pedido em outro link, no www.seguradoralider.com.br/contato/duvidas-reclamacoes-e-sugestoes.
No caso de proprietários de frotas, a solicitação do estorno deverá ser feita por meio do email restituicao.dpvat@seguradoralider.com.br.
O seguro obrigatório é pago todos os anos junto da primeira parcela do IPVA ou no pagamento da cota única.
Em São Paulo, a quitação integral pode ser feita em janeiro, com desconto de 3%, ou em fevereiro, sem o abatimento.
O pagamento do DPVAT dá o direito à indenização e cobertura de despesas médicas em acidentes de trânsito. Nos casos de morte, o valor da indenização é de R$ 13,5 mil e de invalidez permanente, de R$ 135 a R$ 13,5 mil. Já para os casos de reembolso de despesas médicas e suplementares, o teto é de R$ 2.700 por acidente.
FONTE: BANDA B

©2015 Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DUOUTROLADO.